Ministério da Saúde assina novo contrato para compra de Voxzogo

Notícia foi dada em primeira mão para presidente do Instituto Nacional de Nanismo, em Brasília

O Ministério da Saúde assinou o novo contrato de compra de Voxzogo, o único medicamento aprovado para acondroplasia (o tipo mais comum de nanismo) no mundo. A medicação, que já é usada por mais de 100 crianças no Brasil, estava começando a faltar para algumas crianças que já estão com sentenças judiciais positivas. Isso porque apesar das negociações avançadas, o Ministério ainda não tinha assinado contrato com a Biomarin. 

Este contrato prevê o repasse de 77.760 frascos. Segundo a BioMarin, a previsão é entregar 4 lotes, sendo o primeiro em 30 dias, após assinatura do contrato.  Outros três lotes estão previstos para setembro e dezembro de 2023 e março de 2024 (Confira cronograma abaixo). Atualmente, pelo menos 103 crianças já utilizam o medicamento no país e pelo menos outras 60 já estão em processo judicial contra a União para garantir o fornecimento do remédio de alto custo, nem todas com liminar favorável. Em alguns estados, pacientes estão sem remédio desde abril. 

“Começamos agora a contar os 30 dias da entrega, que pode ser antecipada, dependendo dos trâmites. Dependemos da liberação de embarque da Anvisa, que na última vez demorou um pouco. É o primeiro lote comprado nessa gestão do governo federal, sabemos que é um tratamento contínuo e nossa luta constante será para que esse estoque nunca falte e que os tratamentos dos nossos pequenos nunca sejam interrompidos. Os benefícios são imensos e quero agradecer a todos que se engajaram nesta luta”, acrescentou a presidente do INN, Juliana Yamin. 

Muito mais que baixa estatura, a acondroplasia é responsável por comorbidades complexas e faz com que o acompanhamento médico seja essencial de forma multidisciplinar. Aprovado em 2020 pela Anvisa, o Voxzogo não apenas auxilia no crescimento, mas diminui as complicações da doença. A medicação está disponível para crianças e adolescentes a partir de 2 anos de idade até o fechamento das placas de crescimento e por isso é necessário acompanhamento médico especializado.

Previsão das entregas da BioMarin para o Ministério da Saúde: 

1º lote – 30 dias após assinatura do contrato: 6 de julho de 2023

  • 0,40mg – 1.800 doses 
  • 0,56 mg – 10.140 doses 
  • 1,2 mg – 750 doses 

2º lote – 30 de setembro de 2023

  • 0,40mg -1.800 doses 
  • 0,56mg – 10.140 doses
  • 1,2mg – 1.230 doses 

3º lote – 30 de dezembro 

  • 0,40mg – 2.300 doses 
  • 0,56mg – 15.320 doses 
  • 1,2mg – 3.060 doses 

4º lote – 30 de março de 2024

  • 0,40mg – 5.260 doses 
  • 0,56 mg – 25.960 doses 

Total: 

  • 0,40 mg – 11.160 doses 
  • 0,56mg – 61.560 doses 
  • 1,2mg – 5.040 doses 

Catherine Moraes

Jornalista por formação e apaixonada pelo poder da escrita. Do tipo que acredita que a informação pode mudar o mundo, pra melhor!
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

A conexão de mãe que abraçou centenas de outras mães

Neste Dia das Mães, contamos histórias de mulheres que são fio condutor na luta por proteção e direitos dos filhos com nanismo “Não consigo me imaginar não sendo mãe. A gente se doa, se dedica pra vê-los se tornando homens maravilhosos”: Francielle Ferreira Ribeiro “Ser

A conexão de mãe que abraçou centenas de outras mães

Neste Dia das Mães, contamos histórias de mulheres que são fio condutor na luta por proteção e direitos dos filhos com nanismo “Não consigo me imaginar não sendo mãe. A gente se doa, se dedica pra vê-los se tornando homens maravilhosos”: Francielle Ferreira Ribeiro “Ser