Líder do Nanismo Brasil vive Nelson Ned em “O Rei da TV”, no Star +

Fernando Vigui, líder do movimento Nanismo Brasil, é um dos atores da nova série da Star +, ‘O Rei da TV’, que conta a história de Silvio Santos, o jovem de origem humilde, genial e ambicioso que foi atrás de seu sonho e se tornou o empresário e comunicador mais bem sucedido da TV brasileira, além de um dos empresários mais reconhecidos do país. Na série, Vigui interpreta Nelson Ned, que também tinha nanismo e que foi o primeiro cantor latino a vender 1 milhão de discos nos Estados Unidos.

Realizada pela Gullane, ‘O Rei da TV’ conta com oito episódios, tem direção geral de Marcus Baldini e é protagonizada por José Rubens Chachá, Mariano Mattos Martins e Leona Cavalli. A ideia, segundo a produtora, era trazer um olhar inédito sobre a intimidade de Silvio Santos, mostrando diversas fases da sua carreira, bem como os erros e acertos e os desafios enfrentados para construção do SBT. “Assertivo e polêmico em suas decisões, uma figura icônica que faz parte da rotina de milhões de brasileiros”, diz a produtora.

Vigui conta que o convite aconteceu para uma seleção e que também passou por um teste de canto. Em duas semanas, veio a resposta que ele havia sido selecionado para o papel de Nelson Ned. “Eu tive muita liberdade na direção. Usamos um humor saudável porque ele era isso, falava muito sério, mas também brincava. Pra mim foi uma oportunidade incrível porque antes mesmo de eu conhecer pessoas com nanismo pessoalmente, lembro de ter visto o Nelson Ned e eu me senti representado. Eu adorava cantar e depois que me formei, me aventurei no teatro musical profissionalmente”, completou.

Talentoso e de reconhecimento internacional, Nelson Ned marcou a história das pessoas com nanismo no Brasil. “Ele foi incrível, então foi uma honra muito grande. Dei o melhor de mim para prestar a melhor homenagem que eu poderia para dar vida a ele, mesmo que em poucas cenas. Deu medo, deu frio na barriga porque era uma responsabilidade muito grande, mas eu queria encarar. Tive o prazer de conhecer as filhas dele, que hoje são minhas amigas e lembro que liguei pra elas e falei que ia fazer o papel, como se fosse pedindo uma bênção, sabe?”.

Se você ainda não assistiu, corre lá e vem contar pra gente o que achou!

Elenco

Os atores Guilherme Reis, Emílio de Mello, Leandro Ramos, Paulo Nigro, Larissa Nunes, Cássia Damasceno, Bárbara Maia, Elisa Romero, João Campos, Celso Frateschi, Roberta Gualda, Claudio Marcio, Gui Santana, Cacá Carvalho, Pascoal da Conceição, André Abujamra, Ary França e entre outros nomes completam o elenco.

Catherine Moraes

Jornalista por formação e apaixonada pelo poder da escrita. Do tipo que acredita que a informação pode mudar o mundo, pra melhor!
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Natação e nanismo: quais os benefícios e pontos de atenção?

Prática do esporte sem acompanhamento pode provocar lesões, mas quando monitorada revela ser uma ferramenta potente na transformação da qualidade de vida das pessoas com a deficiência O sinal sonoro liberta para um mergulho profundo. “Na água eu dou tudo de mim, coloco na minha

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra

Natação e nanismo: quais os benefícios e pontos de atenção?

Prática do esporte sem acompanhamento pode provocar lesões, mas quando monitorada revela ser uma ferramenta potente na transformação da qualidade de vida das pessoas com a deficiência O sinal sonoro liberta para um mergulho profundo. “Na água eu dou tudo de mim, coloco na minha

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra