3º Congresso de Nanismo e 1º Encontro STG

A cidade de Goiânia vai receber o 3º Congresso de Nanismo entre os dias 9 e 10 de novembro, em comemoração ao mês do Nanismo. Vamos aproveitar a oportunidade para realizar o 1º Encontro Nacional do Somos Todos Gigantes, que vai acontecer no dia 11 como uma extensão do Congresso, uma chance de troca de informações, amizade e alegria.

“Sentimos falta de um momento e espaço para maior convivência entre os participantes para a troca de experiências. Como um dos objetivos do #STG é conectar pessoas a uma mesma causa, queremos proporcionar esse momento riquíssimo de vivência aos participantes do Congresso. O local ainda está sendo definido, mas certamente será um momento de muita descontração, aprendizado e troca”, explica Juliana Yamin, empresária, mãe de Biel e idealizadora da campanha STG ao lado do marido, o advogado Marlos Nogueira.

A data foi fechada em um conselho formado por personalidades influentes ligadas à causa do Nanismo para que aqueles que não moram em Goiânia possam programar suas viagens com antecedência.

Compondo o grupo, adultos com baixa estatura e muita representatividade, como é o caso de Kênia Rio, presidente da Associação de Nanismo do Estado do Rio de Janeiro (ANAERJ); e mães super atuantes como Elisangela Paulino Alves Ribeiro, mãe do gigante Henrique e idealizadora da futura Associação de Nanismo de São Paulo; Vélvit Ferreira Severo, mãe de Théo, e Flávia Berti Hoffmann, mãe de Bernardo, criadoras da Cartilha Escola para Todos – Nanismo; além de outras personalidades fundamentais na evolução da inclusão no país.

O local ainda não está definido mas as palestras serão preparadas para que a participação de todos seja otimizada. O evento será composto por três etapas. Dia 09 (sexta-feira) começará com uma super novidade: atendimentos médicos locais com os profissionais palestrantes, especialistas preparados para lidar com as questões específicas relacionadas ao nanismo. No sábado, dia 10, estão programados os painéis – e aqui uma segunda novidade: os painéis serão divididos entre, de um lado, os interesses de adultos com nanismo e, de outro, os de pais de crianças com a condição. O fechamento acontecerá no domingo, dia 11, durante um momento de confraternização que vai marcar o 1º Encontro STG.

A terceira novidade é o espaço kids, que está previsto pela organização para que os pais possam assistir à programação com maior tranquilidade.

Vários profissionais estão sendo convidados para participar desta grande festa. O objetivo é trazer um número maior de especialistas e novas especialidades na edição deste ano. Estão confirmados:

  • Dr. José Carlos Bongiovanni, ortopedista, especialista em alongamento ósseo (cirurgião do Biel)
  • Dra. Melissa Avelino, pós-doutora em otorrino pediatria
  • Dr. Fábio Santana, ortodontista e ortopedista facial
  • Dra Simone Ramos, doutora em pediatria
  • Dr. Wagner Baratella, doutor em genética e especialista em displasias ósseas (a confirmar)
  • David Junger, doutorando em Educação Física
  • Paulinne Corrêa, mestre em Nutrição

Os temas debatidos ainda não estão definidos mas serão divulgados em primeira mão aqui no STG assim que a programação for confirmada.

O objetivo de trazer o Congresso de Nanismo para o estado de Goiás é estimular a itinerância do projeto para que pessoas de todas as regiões do Brasil tenham acesso ao conteúdo do evento. “A ideia é que ano que vem seja no Sul, depois no nordeste, ou vice e versa. Assim facilita o acesso das pessoas destas regiões ao conteúdo do Congresso”, esclarece Juliana.

Fique atento às próximas notícias para se inscrever neste Congresso imperdível e já reservar seu atendimento com os profissionais confirmados. As consultas médicas oferecidas na ocasião serão cobradas à parte.

Então chegou a hora de reservar aquele final de semana na agenda, programar seu recesso ou férias e combinar com os amigos de se encontrar e se informar melhor sobre Nanismo na capital goianiense. Não perca nem deixe os queridos perderem. Curta. Compartilhe. E venha para perto. Nossa união é nossa maior força.

Rafaela Toledo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

A conexão de mãe que abraçou centenas de outras mães

Neste Dia das Mães, contamos histórias de mulheres que são fio condutor na luta por proteção e direitos dos filhos com nanismo “Não consigo me imaginar não sendo mãe. A gente se doa, se dedica pra vê-los se tornando homens maravilhosos”: Francielle Ferreira Ribeiro “Ser

A conexão de mãe que abraçou centenas de outras mães

Neste Dia das Mães, contamos histórias de mulheres que são fio condutor na luta por proteção e direitos dos filhos com nanismo “Não consigo me imaginar não sendo mãe. A gente se doa, se dedica pra vê-los se tornando homens maravilhosos”: Francielle Ferreira Ribeiro “Ser