Netflix estreia ‘Altas Expectativas’, primeiro filme brasileiro com protagonista que tem nanismo

O final de semana chegou e a gente tem uma indicação muito importante! Na última terça-feira (5), o filme “Altas Expectativas”, que tem como protagonista o ator Gigante Léo, estreou na Netflix. Muito mais que um filme, é o primeiro brasileiro a ter como protagonista um ator com nanismo. Leo tem Displasia Diastrófica, um dos mais de 400 tipos de nanismo já identificados no mundo. E tem mais, a história é baseada no próprio Leo e na esposa Carol! Se você já assistiu, precisa ver de novo. Se ainda não viu, corre! Bora fazer esse filme subir pros mais vistos da plataforma?

‘Altas Expectativas’ estreou em 2017 nos cinemas e já passou algumas vezes na TV Globo, superando os índices de audiência de cada horário. Leo conta que além da atuação, trabalhou na produção do longa metragem e auxiliou, inclusive, na construção de discursos do filme. “Eu participei desde o roteiro até o final. Dei palpite no cenário. Queriam que fosse uma coisa realista, uma adaptação realista. Como seria uma pessoa com nanismo, treinador de cavalo. Como seria a casa de uma pessoa com nanismo que morasse sozinha? Fui eu que escrevi algumas falas, com propriedade. Uma experiência muito legal e tenho muita esperança que vá fazer um belo caminho na Netflix. Tem um olhar diferenciado, mais inclusivo e de mais acolhimento”, completa.

O ator diz ainda que, profissionalmente, o trabalho também serviu de muito aprendizado e que apesar das semelhanças, o Décio, protagonista, é mais tímido e retraído que o Léo da vida real. “Foi uma experiência incrível de aprendizado como ator. Ter que olhar a sua realidade com o olhar de outras pessoas. Além de crescimento profissional, artista, o personagem que eu faço tem uma visão e um comportamento bem diferente do meu”.

Entre os pontos divergentes, a forma como encara os olhares de preconceito. Para o gigante, esse foi um exercício complexo. Entender que para algumas pessoas com nanismo, o olhar do outro sobre a sua condição pode impactar de forma muito mais dolorosa do que ele geralmente sente no dia a dia.  “Eu tive que aprender como os olhares impactam outras pessoas com nanismo, diferente da forma como me impactam. Foi muito positiva a preparação do filme.”

Além do convite, a nossa sugestão é que você também indique pros teus amigos e para a família. “Eu estou muito, muito feliz que o Altas Expectativas, primeiro filme nacional a ter como protagonista uma pessoa com nanismo, estar estreando na Netflix. Depois de tanta polêmica com outros filmes, a Netflix finalmente comprou e começou a buscar filmes que são inclusivos, em todos os sentidos. Então eu acho que essa é uma vitória não só minha, não pessoal, mas de todas as pessoas que tem nanismo no Brasil. É uma felicidade muito grande”, finaliza Leo.

Catherine Moraes

Jornalista por formação e apaixonada pelo poder da escrita. Do tipo que acredita que a informação pode mudar o mundo, pra melhor!
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Natação e nanismo: quais os benefícios e pontos de atenção?

Prática do esporte sem acompanhamento pode provocar lesões, mas quando monitorada revela ser uma ferramenta potente na transformação da qualidade de vida das pessoas com a deficiência O sinal sonoro liberta para um mergulho profundo. “Na água eu dou tudo de mim, coloco na minha

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra

Natação e nanismo: quais os benefícios e pontos de atenção?

Prática do esporte sem acompanhamento pode provocar lesões, mas quando monitorada revela ser uma ferramenta potente na transformação da qualidade de vida das pessoas com a deficiência O sinal sonoro liberta para um mergulho profundo. “Na água eu dou tudo de mim, coloco na minha

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra