Montanha disputa regional em Goiânia

Quem estiver em Goiânia neste final de semana pode prestigiar nosso atleta que já está classificado para o Campeonato Brasileiro 2018, devido ao ouro conquistado na primeira etapa, realizada na cidade de Aracajú (SE), onde ocorreram as Regionais Norte-Nordeste da competição.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Luciano com o técnico Weverton Santos e a equipe técnica na fase de Aracajú.

O evento começou nesta sexta-feira, 13, a partir das 10h, no Clube Ferreira Franco do SESI mas Luciano vai competir neste sábado, 14, às 10h. A entrada é franca. “Vou em busca da segunda medalha de ouro”, conta Luciano Bezerra Dantas, o Montanha, 36, determinado.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Com a prata do Campeonato Brasileiro do ano passado.

A temporada 2018 será composta por quatro fases, sendo as três primeiras regionais e classificatórias para a última fase, o Campeonato Brasileiro de Para Halterofilismo 2018, ou simplesmente conforme citamos, Campeonato Brasileiro 2018. Esta edição da competição será a única referência para o programa Bolsa-Atleta do Governo Federal.

Foto de Divulgação
Foto de Divugalção
Montanha recebendo orientações do técnico, na primeira classificatória do Campeonato Brasileiro de 2018.

A próxima etapa está marcada para os dias 22, 23 e 24 de junho e vai acontecer em São Paulo. A final do campeonato está agendada para o mês de outubro. Montanha, atualmente com 63 Kg compete na categoria até 65 Kg e continua com o técnico Weverton Santos. Além dele, outros atletas com Nanismo também buscam medalhas na competição. Lucino representa Uberlândia; Maria Rizonaide, Natal; Mariana D’Andrea, Sorocaba e Bruno Carra, Daniel Passin e a iniciante Célia, representam São Paulo.

 

EVENTO: Regional Circuito Loterias Caixa, em Goiânia

Local: SESI – Clube Ferreira Franco

Endereço: Av. João Leite, 915, Setor Santa Genoveva

Horário: a partir das 10h

Rafaela Toledo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

A conexão de mãe que abraçou centenas de outras mães

Neste Dia das Mães, contamos histórias de mulheres que são fio condutor na luta por proteção e direitos dos filhos com nanismo “Não consigo me imaginar não sendo mãe. A gente se doa, se dedica pra vê-los se tornando homens maravilhosos”: Francielle Ferreira Ribeiro “Ser

A conexão de mãe que abraçou centenas de outras mães

Neste Dia das Mães, contamos histórias de mulheres que são fio condutor na luta por proteção e direitos dos filhos com nanismo “Não consigo me imaginar não sendo mãe. A gente se doa, se dedica pra vê-los se tornando homens maravilhosos”: Francielle Ferreira Ribeiro “Ser