Life by Vivara lança coleção Serendipidade com foco nas pessoas com deficiência

A nova linha foi criada em parceria com o Serendipidade e terá parte da venda revertida para projetos do Instituto

A Life se uniu novamente ao Instituto Serendipidade – organização sem fins lucrativos que atua na inclusão de pessoas com deficiência –  para criação da coleção Serendipidade. A nova coleção conta com  oito pingentes que simbolizam: Nanismo, Doenças Raras, Deficiência Intelectual e Transtorno do Espectro Autista (TEA), Mobilidade Reduzida, Deficiência Auditiva, Deficiência Visual, Paralisia Cerebral e Soft Skills, este último simbolizando as redes de apoio que representaram suas respectivas identidades com símbolos únicos e repletos de significado. 

No geral, as joias possuem dois elementos comuns: a argola de oito gomos, com o intuito de representar cada grupo, e a medalha com uma mão, simbolizando comunicação, individualidade, parceria e autonomia – sugestões feitas pelas mais de 40 pessoas que participaram do processo de desenvolvimento que foi colaborativo e co-criativo com representatividade e protagonismo de pessoas com deficiência, desde à confecção até prototipagem e aprovação final.

As joias começaram a ser vendidas no dia 10 de novembro e parte da venda será revertida para o Instituto Serendipidade, apoiando a missão de transformar a sociedade através da inclusão. “Fazer parte da criação foi uma experiência interessante e gostosa, principalmente por sentir a preocupação da Life com a gente desde o início. Essa iniciativa traz a importância do pertencimento de cada um, e ver uma empresa tão grande se preocupar com a inclusão e nos tornarem parte do processo, é um exemplo para outras empresas entenderem que temos valores, e que além de tudo podemos consumir o que quisermos. Nada sobre nós sem nós”, completou Juliana Caldas, pessoa com nanismo e participante do projeto. 

Larissa Apollaro, Gerente de Criação e Modelagem da Life compartilha: “Cada encontro, conversa, troca e a própria chance de ser convidada a ouvir, me colocar no lugar do outro e entender outras realidades, foi rica em diversos sentidos! Todos do time estão todos muito gratos com a oportunidade de traduzir a maneira que eles gostariam de ser representados nas jóias”. 

Giovanna Taglialegna Verola, de 26 anos, tem displasia diastrófica e já comprou a própria joia! “Achei excelente esta iniciativa que a Vivara teve em pensar em nós e pensar em algo tão especial e único que pudesse nos representar, levando em consideração toda nossa individualidade. Nos sentimos representados!”, completou. 

As peças foram definidas da seguinte forma: 

Nanismo:

O símbolo do infinito duplo é a representação da inclusão. Neste grupo, a medalha da mão é menor, e o verde claro, cor da conscientização da causa, inspira esperança e grandeza, em um mundo sem limitações e muitas possibilidades.

Doenças Raras:

O pingente de coração listrado é inspirado na zebra, que representa as Doenças Raras, pois as listras são como impressões digitais: únicas, que nunca se repetem. O coração também significa acolhimento e rede de apoio, e o lilás é associado à causa.

Deficiência Intelectual e Transtorno do Espectro Autista (TEA):

O olho representa um jeito único de enxergar o mundo e foi desenhado para lembrar duas pessoas que se abraçam e se conectam. A cor branca está associada à igualdade e também simboliza os espectros do autismo, cores plurais que somadas resultam na individualidade independente do seu diagnóstico de cada pessoa.

Mobilidade Reduzida:

Simboliza a autonomia de cada pessoa. O pássaro significa liberdade e também o grupo, pois juntos todos somos mais fortes e chegamos mais longe. A cor laranja traz criatividade, energia e muita confiança.

Deficiência Auditiva:

O símbolo da mão representa a identidade individual, a diversidade e a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS. Já o olho, remete à percepção de diferentes formas, sinais e linguagem corporal, também parte da comunicação entre pessoas surdas A pedra azul, cor da causa, inspira serenidade e paz.

Deficiência Visual:

Enxergar com o coração é a inspiração para o pingente que, com desenhos de mão e olho, simboliza o conhecimento do mundo através do tato. O sentir também é uma forma de diálogo. A cor amarela remete à sensação agradável do calor do sol na pele, além de trazer otimismo e positividade.

Paralisia Cerebral:

Cada pessoa tem o seu tempo e ele nunca será um fator limitante da capacidade de alguém. Essa joia traz na ampulheta, o símbolo do respeito ao tempo individual como igualdade de oportunidade para todos. O verde esmeralda inspira desenvolvimento, prosperidade e a grandeza de cada um.

Soft Skills:

O mundo precisa cada vez mais de empatia, e esta joia representa as redes de apoio tão preciosas para todos, cada um com sua necessidade específica. A árvore simboliza as pessoas que diariamente buscam fazer a diferença. A cor vermelha lembra as emoções mais fortes, com energia e confiança.

Sobre Life by Vivara

Fundada em 2011, a Life By Vivara foi a primeira marca de colecionáveis a ser comercializada no Brasil. Através de joias em prata, a Life By Vivara é feita para todos que desejam expressar seu estilo e individualidade, por meio de joias repletas de significado e que possibilitam infinitas combinações.

Catherine Moraes

Jornalista por formação e apaixonada pelo poder da escrita. Do tipo que acredita que a informação pode mudar o mundo, pra melhor!
Comentários

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra