Escolha viver

Foto: Uol / Welton da Silva Reis, gerente de banco

 A professora de música, Lílian Carneiro de Mendonça, 66, pupila e nora de uma das primeiras mulheres aceitas na Academia Brasileira de Música, Belkiss Spenzièri sempre ensinou seus alunos que a vida apresenta invariavelmente dois caminhos. O que ela queria dizer com isso é que independente da situação em que se esteja, a forma de viver é escolha de cada um.

Por exemplo, você pode bater o carro e ficar muito nervoso(a) pelo dano material, a dor de cabeça de perder o compromisso e o inconveniente de ter que aguardar o veículo voltar do conserto. Ou você pode agradecer à Deus por ter te livrado de algo mais grave, de alguma injúria física ou algo pior, irreversível.

Até a ciência se arrisca a comprovar o poder criacionista de nossas escolhas. Amit Goswami, PhD em Física Quântica e professor da Universidade de Oregon, do Ernest Holmes Institute e na Philosophical Research University, em Los Angeles; nos Estados Unidos lançou o documentário “O Ativista Quântico” onde convida o público a considerar a consciência como base existencial. Fonte da verdade e da vida real.

“O pensamento é força criadora”, segundo Leon Denis no livro “O Grande Enigma”. Essa teoria desmitifica a relevância de qualquer situação material e evidencia a importância do bem estar íntimo.

Nunca é fácil passar pelas dificuldades. Muitas vezes, diante daqueles obstáculos que emperram nossa vida pensamos em desistir. Ficamos cansados. Somos vencidos pelo preconceito, pelas exigências, pelas fraquezas. Cair é parte da jornada. Machucar também. Ninguém sai dessa vida sem se arranhar. Mas a grande beleza está em continuar. Nunca se pode deixar abater. É preciso ter certeza de que a prosperidade está no final do caminho de quem não desiste.

Conheça a história de quem transformou sua fraqueza em sua maior força e conseguiu resultados brilhantes.

1- Gigantes do Norte, time de futebol

Foto de Arquivo

Primeiro

Time Gigantes do Norte descansando antes do treino

Veja a história dessa turma formada por 22 gigantes que treinam diariamente em Belém e que recentemente participou de 12 jogos no estado do Mato Grosso do Sul, somando um público de quase 30 mil pessoas.

O time já tem 10 anos e realizou vários jogos por todo o país. Todas as despesas da equipe são custeadas por doações de colaboradores. Eles caíram nas graças do público e foram convidados a participar do Programa do Jô (Globo), aparições na Sportv (Globosat) e na Liga (Band).

Veja sua participação no Globo Esporte aqui.

A estrutura física não altera sua trajetória de sucesso. O time amador faz três a quatro jogos por final de semana, venceu vários adversários com estatura equivalente, como nos sub-13; equipes femininas; de portadores de necessidades especiais entre outros. Seu diferencial não mudou o fato dos gigantes serem realmente bons de bola.

Hoje eles vivem do que amam e isso só foi possível porque acreditaram em um sonho e correram atrás.

2- Welton da Silva Reis, gerente de banco

Foto: Uol

Gerente

O jovem de 24 já conseguiu provar seu talento e prentende continuar crescendo

Ele não desistiu quando ouviu o primeiro NÃO e houveram outros… Sabia que estava destinado a uma vida profissional digna mas também sabia que isso não seria tão fácil em uma sociedade que preconiza o preconceito e pouco pensa em inclusão.

“No início, precisei superar a desconfiança de colegas e clientes, foi necessário provar meu valor. A estrutura da empresa é acessível, mas depender da ajuda dos colegas é inevitável, porque não consigo alcançar objetos altos, devido à minha baixa estatura. O preconceito – felizmente – veio de uma minoria e sempre tento não dar atenção a isso”, conta o gerente de banco, lembrando a importância da escolha.

Atualmente, o jovem tem um plano de carreira dentro da empresa que foi a primeira a lhe abrir as portas: o Banco Santander. Ele começou como caixa e pretende alcançar a diretoria.

“Farei pós-graduação, MBA e curso de idiomas para conseguir tudo isso. Tenho grandes ambições, quero ser referência para a minha equipe e para o meu banco”, planeja Welton com uma determinação exemplar.

3- Ronald Melo, baterista

Foto de Arquivo

Toca

O baterista mostra que tamanho não determina talento

Este músico demonstra habilidade singular marcando o ritmo da banda gospel de Heloísa Rosa. Ronald é um jovem artista que escolheu o caminho da música e não se limitou pelos obstáculos da vida. Seu canal no Youtube concentra mais de 3 mil incritos e seus vídeos já alcançaram mais de 270 mil visualizações.

Melhor do que explicar com palavras é mostrar os vídeos do entrosamento de Ronald com a bateria:

O próximo vídeo mostra sua atuação ao lado de Heloísa Rosa:

4 – Gabriel Yamin, Youtuber

Foto de Arquivo

Youtuber

Biel na inauguração do portal Somos Todos Gigantes

Com apenas 10 anos, Gabriel Yamin decidiu fazer a cirurgia de reconstrução óssea, apoiado pelos pais que respeitaram sua decisão. Com isso nasceu o canal Somos Todos Gigantes no Youtube.

Este gigante ofereceu a sua experiência como exemplo para aqueles que gostariam de saber mais sobre este tipo de cirurgia.

Os episódios de sua estadia e retornos ao Hospital Albert Einstein em São Paulo, sob a tutela da referência nacional no assunto Dr. José Carlos Bongiovanni, emocionaram muitos a ponto dos gigantes de todo o Brasil começarem a enviar mensagens e vídeos de incentivo e agradecimento.

Biel, muito simples, dá a receita:

5 – Peter Dinklage, ator

 Fonte: Sin Killer Blogspot

Ator

O ator contrariou as estatísticas e fez papéis que relevaram seu talento ao contrário daqueles pautados pela sua condição física

O ator começou a trabalhar com teatro em 1991 e estreou no cinema em 1995, com o filme “Vivendo no Abandono”. Mas foi só em 2003 que sua carreira despontou com o filme O “Agente da Estação”. Já participou de blockbusters como X-Man e Os Vingadores – Guerra Infinita 1 e 2.

Dinklage ultimamente alcançou grande visibilidade no papel do habilidoso e exuberante, Tyrion Lannister, de uma das séries mais chocantes da televisão americana, “Game Of Thrones“. O personagem intrigante, passional e decisivo conduziu o talento do ator ao Globo de Ouro de 2012 e a dois Emmys, em 2011 e 2015  quando superou nomes como Jonathan Banks (“Better Call Saul”), Ben Mendelsohn (“Bloodline), Michael Kelly (“House of Cards”), Alan Cumming (“The Good Wife”) e Jim Carter (“Downton Abbey”). Apesar do sucesso, Dinklage também passou por momentos difíceis para aceitar sua condição. “Quando eu era adolescente, eu era amargo e nervoso, e eu definitivamente criava essas barreiras”, contou, “mas quanto mais velho você fica mais entende que só precisa ter senso de humor. Você simplesmente sabe que o problema não é seu. É deles”, finaliza.

Assista agora uma pequena parte de sua participação na série Game Of Thrones:

O preconceito não pode vencer exatamente por isso. Porque ele é problema de quem comete, não dos alvos, das vítimas. Não aceite o preconceito. Ele não é seu.

Leia mais sobre outras personalidades que são exemplo para nós e compartilhe espalhando histórias de força, autoconfiança e perseverança:

Alyson Eliezer

Gigante Leo

Giovanni Venturini

Priscila Menucci

 

Com informações de Uol, G1, Biography.com

Rafaela Toledo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Inscrições para o Bolsa Atleta são prorrogadas para 8 de abril

As inscrições para o programa Bolsa Atleta 2024 que terminariam na próxima segunda (1º de abril), foram prorrogadas para o dia 8 de abril! O programa contempla as categorias de Base, Estudantil, Nacional, Internacional e Olímpica/Paralímpica/Surdolímpica. Os interessados em participar podem se inscrever acessando a

Inscrições para o Bolsa Atleta são prorrogadas para 8 de abril

As inscrições para o programa Bolsa Atleta 2024 que terminariam na próxima segunda (1º de abril), foram prorrogadas para o dia 8 de abril! O programa contempla as categorias de Base, Estudantil, Nacional, Internacional e Olímpica/Paralímpica/Surdolímpica. Os interessados em participar podem se inscrever acessando a