Atriz com nanismo em novela da Globo

Juliana Caldas terá papel de destaque na novela “Prova de Fogo” escrita por Walcyr Carrasco

Juliana Caldas terá papel de destaque na novela “Prova de Fogo” escrita por Walcyr Carrasco

Mais uma pessoa vencendo e mostrando que a baixa estatura não diminui o talento de ninguém. Estamos falando de uma atriz prestes a alcançar um dos pontos mais altos de sua carreira ao ser escolhida para um papel muito importante em uma novela no horário nobre na TV Globo.

 

Juliana Caldas de 1,22m e 30 anos começou sua carreira no teatro infantil trabalhando no Parque da Xuxa, da apresentadora Xuxa Meneghel. Foi lá que ela conheceu o mundo da dramaturgia e mais tarde se aventurou em peças para o público infantil como “A Bela e a Fera” e “Peter Pan”.

 

Ela não se contentou em ser somente atriz e desde 2010 investe na carreira de modelo, trabalhando em uma agência de modelos inclusiva. Juliana já participou de alguns editoriais de moda e saiu na capa de uma revista.

 

Foto: Fernando Borges/Terra

Foto

Juliana posando para a criação de um dos editoriais de moda que participou 

 

Em entrevista ao site Notícias da TV da Uol, ela comenta como a carreira de modelo ajudou em sua auto estima: “Nunca saio de casa sem estar maquiada, arrumada, bem vestida. Uma dica que eu dou para quem está começando é primeiramente acreditar em si. Ter confiança no seu potencial, gostar de si. Todo mundo tem suas qualidades, tem que mostrar isso”.

 

Vamos falar agora um pouco mais sobre a novela. Juliana terá um namorado de estatura normal e terá que enfrentar o preconceito e a falta de conhecimento da sociedade e da sua família (Marieta Severo será sua mãe na novela e terá vergonha da filha) sobre a vida das pessoas com nanismo. Esse será o primeiro personagem com baixa estatura escrito pelo autor de novelas, Walcyr Carrasco. Ainda não se sabe qual será o nome da personagem.

 

Walcyr tem uma extensa carreira, passeando por vários formatos da dramaturgia. Escreveu novelas de época para as atrações das 18hs (Cravo e a Rosa; Chocolate com Pimenta) e algumas novelas das19hs (Sete Pecados; Caras e Bocas) na Rede Globo.

 

Ao assumir a criação dos textos para as novelas do horário nobre (21 horas) começou a lidar com assuntos mais polêmicos e criou personagens gays, com autismo e deficientes visuais.

 

Ele sempre colocou esses personagens em destaque para debater como eles eram vistos pela sociedade e como realmente deveriam ser tratados. Foi responsável por criar a primeira cena com beijo gay no horário nobre da emissora.

 

Juliana se sente muito bem e feliz ao inspirar outras pessoas com nanismo e afirma: “Temos muito ainda que lutar. Temos muitos direitos, e há pessoas que não conhecem os direitos que têm. Vamos levantar a cabeça, nos conhecer, saber o que a gente é capaz de fazer. Eu acredito que ainda vamos ter um mundo mais com a nossa cara”.

 

Essa é mais uma demonstração do poder da força de vontade e da dedicação de alguém em busca de alcançar seu sonhos. Estamos torcendo pelo sucesso dessa mulher inspiradora e super talentosa.

com informações de Notícias da TV / Uol e do site RD1

Rafaela Toledo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Natação e nanismo: quais os benefícios e pontos de atenção?

Prática do esporte sem acompanhamento pode provocar lesões, mas quando monitorada revela ser uma ferramenta potente na transformação da qualidade de vida das pessoas com a deficiência O sinal sonoro liberta para um mergulho profundo. “Na água eu dou tudo de mim, coloco na minha

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra

Natação e nanismo: quais os benefícios e pontos de atenção?

Prática do esporte sem acompanhamento pode provocar lesões, mas quando monitorada revela ser uma ferramenta potente na transformação da qualidade de vida das pessoas com a deficiência O sinal sonoro liberta para um mergulho profundo. “Na água eu dou tudo de mim, coloco na minha

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra