10 Desenhos Animados Sobre Inclusão e Diferenças

Nós sabemos que a abordagem do assunto diferenças é SEMPRE delicada. No Somos Todos Gigantes a política é oferecer informação e empatia para que cada peculiaridade seja debatida com seriedade, respeito e naturalidade. Esta lista de animações foi cuidadosamente elaborada com o objetivo de oferecer ferramentas para pais e filhos lidarem com gargalos como preconceito e acessibilidade.

Chamem as crianças para a sala, não esqueçam a pipoca e podem dar o play porque hoje é noite de sessão cinema no STG.

1- Longe de vista

Com um traço simples e também tocante, este curta mostra as aventuras de uma garotinha cega que se perde do seu cão, mas acaba encontrando um caminho imaginário guiado por sons e aromas.

2- Porque Heloísa?

Escrito a partir da história real de uma menina que tem paralisia cerebral, Por que Heloísa? nos faz pensar na deficiência do ponto de vista da inclusão, numa abordagem que considera o ser humano integralmente e o seu direito intrínseco a uma vida plena.

3- O presente

https://youtu.be/bWINJVmc6Xg

O presente conta a história de um garoto que adora videogames e que ganha um cachorrinho que não tem uma perna. Rejeição e empatia brotam nessa história de amizade e superação. O presente é baseado e adaptado pelo animador Jacob Frey de uma pequena HQ (tirinha “Perfeição”)* do artista brasileiro Fábio Coala. O Curta participou de mais de 180 festivais de filmes, é ganhador de mais de 50 prêmios.

4- Tamara

Tamara é uma animação que conta a história de uma menina surda que sonha em ser bailarina. Seu sonho é considerável impossível para a maioria das pessoas, mas para ela não. O curta foi produzido pelo studio House Boat Animation e dirigido por Jason Marino e Craig Kitzmann.

5- Esse é o ponto

As diferenças e suas peculiaridades sendo expostas dentro de um ambiente comum a todos, um ponto de ônibus. Vídeo realizado por alunos do ensino público de Campinas dentro da ação educativa “Ciência e Arte nas Férias-2011” da UNICAMP. Este grupo participava do projeto “Construindo a Diferença com a Diferença: Cartilha de Acessibilidade” onde os alunos foram sensibilizados com entrevistas e palestras sobre o tema em questão e depois criaram o roteiro/storyboard, animaram os personagens e gravaram os sons da animação.

6- Brincadeirantes

Paulo Henrique Machado vive ligado a um respirador artificial desde um ano de idade e foi o criador deste projeto, que foi financiado através do Catarse. No curta ele mostra uma experiência vivida por ele, em que um vai ao parque Playcenter com o seu tio para brincar mas os funcionários das barracas lhe davam os prêmios, sem precisar disputar nas barracas e acabava frustrado por não poder se divertir e ser tratado de maneira especial.

7- Cuerdas

É um curta-metragem escrito e dirigido por Pedro Solís García. Cuerdas foi o vencedor de 2014 do prémio Goya® de Melhor Curta-Metragem de Animação Espanhola e Pedro Solís García recebeu o mesmo prémio em 2011 com seu primeiro curta “The Bruxa”.

A classificação do novo curta-metragem de Pedro Solis é para todas as idades e interesse especial para as crianças. O Ministério da Cultura espanhol recomendou “Cuerdas” por sua vocação educacional.

8- Milly e Molly – Episódio Elisa

Milly e Molly são duas amiguinhas de 8 anos de idade, uma loura e outra negra, que passam por diversas situações que lhes proporcionam aprendizados e exemplos de bom comportamento. Cada episódio desta série apresenta uma mensagem clara sobre valores importantes, como a honestidade, a persistência, a responsabilidade e a capacidade de perdoar. De uma forma divertida e comovente, Milly e Molly celebram as diferenças entre os seres humanos, promovendo o reconhecimento e a aceitação da diversidade.

Elisa é uma garota cega que entra na escola de Milly e Molly. As três se tornam grandes amigas e aprendem juntas a lidar com os outros colegas. A série foi originalmente produzida pelo Disney Channel mas também é exibida pelo Discovery Kids.

9- Festa nas Nuvens

Da série Dharmalog para Crianças (e também para adultos): “Festa nas Nuvens” (Partly Cloudy) é um curta de animação de 5 minutos da Pixar Animation Studios (lançado originalmente na abertura do filme “Up! Altas Aventuras”, também da Pixar, de 2009). Diverte e inspira pela história entre o pássaro Peck e a nuvem Gus, que, juntos, devem criar e entregar bebês de todas as espécies do mundo animal no planeta Terra. Outras nuvens entregam bebês mais “normais”, enquanto a missão de Peck é especialmente delicada pois os bebês são de espécies um pouco mais difíceis.

A sutileza da comunicação entre os dois, o senso de missão e companheirismo se destacam nessa história aparentemente apenas divertida do estúdio que criou Vida de Inseto, Monstros, Up!, Wall-E e a série Toy Story, e ganhou 27 Oscars até agora.

10- Min e As Mãozinhas

É uma animação voltada para crianças surdas entre três e seis anos de idade. Para finalizar esta lista, reservamos uma proposta um pouco diferente. Esta animação já tem cinco episódios disponíveis e precisa de financiamento coletivo para dar andamento ao projeto. Por isso, quem conseguir colaborar não deixe de clicar no link abaixo.

A ideia partiu de Paulo Henrique dos Santos, que trabalha com animação há cerca de sete anos. Ele desenvolveu o episódio piloto sem nenhum tipo de patrocínio. Lançado no dia 26 de setembro, em comemoração ao Dia do Surdo, celebrado no dia 29 de 2018, o vídeo já conquistou mais de 500 comentários.

Se conseguir verba, Paulo pretende lançar mais 13 episódios para a primeira temporada da produção. Para isso, lançou uma campanha de financiamento através do site Apoia.se, onde podem ser realizadas doações a partir de R$ 10.

Cada capítulo ensina cinco sinais diferentes em libras, que prometem entreter os pequenos que não escutam. Para assistir ao episódio piloto, dê play no vídeo abaixo – e não esquece de seguir o canal da Min e as Mãozinhas no Youtube.

com informações de Hypeness, Dharmalog e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho.

Rafaela Toledo

Comentários

16 respostas

  1. Parabéns pelos conteúdos
    Sentí falta de temas sobre crianças negras nos ambientes da escola ou região onde moram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

A conexão de mãe que abraçou centenas de outras mães

Neste Dia das Mães, contamos histórias de mulheres que são fio condutor na luta por proteção e direitos dos filhos com nanismo “Não consigo me imaginar não sendo mãe. A gente se doa, se dedica pra vê-los se tornando homens maravilhosos”: Francielle Ferreira Ribeiro “Ser

A conexão de mãe que abraçou centenas de outras mães

Neste Dia das Mães, contamos histórias de mulheres que são fio condutor na luta por proteção e direitos dos filhos com nanismo “Não consigo me imaginar não sendo mãe. A gente se doa, se dedica pra vê-los se tornando homens maravilhosos”: Francielle Ferreira Ribeiro “Ser