Mitos e Verdades sobre o Mini Gol

Volkswagen homenageou modelo em 2008 criando versão mini que passou pelo Beto Carrero World e gerou polêmica na internet

Volkswagen homenageou modelo em 2008 criando versão mini que passou pelo Beto Carrero World e gerou polêmica na internet

Créditos Foto Capa: engenhariae.com.br

 

Um dos carros mais populares do Brasil ganhou versão mini e foi parar nas mãos certas. Pelo menos é a impressão que tem o leitor que encontra este assunto no Google, em destaque. Não é comum a imagem de mini carros dirigidos por pessoas de baixa estatura.

 

Foto: ooutroladodamoeda

Dupla

Douglas ao lado da colega Cláudia quando o mini Gol esteve no parque Beto Carrero World

 

No caso, o casal seria uma dupla de artistas integrantes do Beto Carrero World, um parque de diversões catarinense, onde se apresentariam com o mini veículo. Mas a história não é exatamente esta.

 

Foto: ooutroladodamoeda

Volkswagen

Gol apenas esteve de passagem pelo parque de Santa Catarina que tinha uma parceria com a fábrica automotiva Volkswagen

 

Como o Gol é um dos modelos mais vendidos do país, o departamento de design da Volkswagen costuma homenagear a linha com diversos projetos especiais periodicamente. O mini Gol foi um deles. Mas nem foi dedicado ao casal de artistas, nem é guiado por eles em apresentações do parque e nem faz parte das atrações do local.

 

O Mito

As notícias mais recentes sobre o caso na internet trazem fotos diversas de um casal com nanismo que, segundo os posts, trabalha no parque Beto Carrero World para onde o mini carro teria sido produzido “exclusivamente”.

 

Foto de Divulgação

artista

Este é o carro próprio de Douglas que ele já digige há algum tempo, segundo conta

 

Nem casal e nem proprietários ou usuários do pequeno Gol, os amigos de baixa estatura, Claudia Melik e Douglas Maysters, com  92,5 e 89,5 centímetros respectivamente, realmente integraram o elenco de atrações do Beto Carrero World mas atualmente apenas Douglas continua trabalhando no parque. Ele afirma não ter realizado nenhuma apresentação com o veículo.

 

Foto de Divulgação

PapelDouglas no papel do Carteiro, o personagem que interpreta atualmente no show “O sonho do Cowboy

 

“Pelo que sei era para o carro ser usado em apresentações, mas nunca fiquei sabendo porque não rolou mais”, explica o ator. Douglas esclarece os fatos e diz que somente dirigiu o automóvel nos bastidores do show “Extreme”, que atualmente tem o nome de “Velozes e Furiosos”.

 

Foto:casadoturista

Antigo

Douglas só dirigiu o mini Gol só os bastidores do espetáculo Extreme, atual Velozes e Furiosos, este que aparece na foto acima

 

Em entrevista exclusiva concedida à equipe do Somos Todos Gigantes, ele conta que as fotos que circulam na internet são de 2010 quando a miniatura do carro foi parar no Beto Carrero World em função de uma parceria do parque com a fábrica. “A réplica ficou um mês no parque quando eu o conheci. Ele não foi feito pra nós e a fábrica levou de volta já há muito tempo”, revela o artista.

 

 

A Verdade

 

Em 2008, foram desenvolvidos dois exemplares do Mini Gol, com todas as características do modelo original. O pequeno notável, que chamou a atenção por sua proporção bem menor que o modelo convencional, foi exposto no Salão do Automóvel e no evento de aniversário de 30 anos do hatch, especialmente.

 

Foto: Daigo Oliva/G1

Mini

Salão do Automóvel apresentou o pequeno notável que também foi atração em Casa Cores e exposições de toda ordem pelo Brasil afora

 

O Mini Gol funciona de verdade, claro! Com um motor de kart de 5,5 cavalos, ele chega a uma velocidade máxima de até 27 km/h.

 

No interior, estofado, bancos, painel e cada detalhe replica o modelo original de marca. A grande diferença é nos pedais: nada de embreagem. Só acelerador e freio.

 

Foto: ooutroladodamoeda

Interior

Detalhes internos tornam a réplica mais fiel ao original

 

Habilitado e motorista do próprio carro há muitos anos, Douglas diz só ter dirigido o mini Gol umas três vezes, mas não encontrou dificuldade. “É tão fácil como dirigir um carro normal”, compartilha.

 

Se você já estava de viagem marcada para Santa Catarina especificamente para conhecer a réplica e foi “salvo(a)” por esta matéria, compartilhe para que outras pessoas não caiam no mesmo engano. Se você achou o assunto curioso, este é outro motivo para compartilhar. Mas o mais importante é ajudar a fortalecer a #STG para que a cada dia de trabalho nos tornemos mais fortes e eficientes na conquista de uma realidade mais respeitosa e inclusiva.

com informações de revistaautoesporte.globo.com

Rafaela Toledo

Comentários

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra