Arraiá dos Pequenos

A primeira festa junina de São Paulo, realizada para ser um evento inclusivo, reuniu uma média de 110 pessoas. O Club Ceret de Tatuapé começou a receber os gigantes a partir das 11h e só se despediu deles após às 17h30. Mas a festa continuou em um dos bairros mais famosos da cidade por sua vida noturna boêmia, a Vila Madalena.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Quadrilha dos Pequenos foi o momento mais esperado.

De acordo com Elisangela Paulino Alves Ribeiro, 40, organizadora do “Arraiá” e mãe de Henrique, o bingo começou às 14h e foi bem animado. “Muitos prêmios e sorteios de brindes ao longo das rodadas. O maior prêmio foi uma cafeteira Dulce Gusto”, conta Elis.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Ana Beatriz toda estilosa em sua camisa xadrez.

A entrada foi gratuita, mas o ingresso sugeria que cada um levasse um prato típico, de doces ou salgados. “A intenção foi fazer a primeira festa junina inclusiva de São Paulo. Não teve só o intuito de arrecadar dinheiro”, explicou a organizadora.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Elis (à esq.) recebendo os convidados e familiares dos pequenos.

Apesar disso, houve alguma arrecadação nas barraquinhas de comida e brincadeiras como pescaria, argolas e dado da sorte. Tudo foi acessível para que as pessoas de baixa estatura brincassem, participassem e ajudassem com a organização.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Brindes para o bingo.

“Argola, pescaria, foi tudo inclusivo, baixinho, para que todos pudessem participar e trabalhar juntos. Tivemos mesa solidária com tudo à vontade e mesmo assim as pessoas compraram comida e cartelas de bingo para ajudar a arrecadar para a associação. Não houve uma grande arrecadação, mas foi um passo. Foi muito bom como primeira experiência, mas queremos sentar para bolar outras coisas e arrecadar para a associação”, esclarece Elis.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Mesa solidária para compartilhar as doações com os voluntários

Renata Blanco Manso, 31 anos, Assistente Administrativa, acha que os encontros são importantes tanto para os pequenos quanto seus familiares. “A festa junina foi um evento muito bom e valioso não só para mim e minha família, mas para todos que participaram.  Tenho certeza que será a primeira de muitas”, torce a entusiasta do encontro que seguiu a festa em Vila Madalena. “A noite fomos na vila (NooBar) nos divertir, dançar e matar a saudades de muitos. Ficamos um tempo sem nos ver. Para mim é sempre muito bom estar com essa galera”, conta Renata sobre a turma do reencontro.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Jonathan e Monalisa Ned foram os noivos da quadrilha.

“Tenho vários relatos de pessoas que dizem que os eventos fazem bem, estar com outras pessoas pequenas. Os grupos de whatsapp também fazem uma transformação na vida dos pequenos”, completa a organizadora frisando sobre a importância da sociedade ver que os pequenos existem e precisam de acesso, respeito, saúde, trabalho, diversão. Assim como cada ser humano precisa, independente da estatura que ostente.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Galera reunida na esticadinha em Vila Madalena.

Até o momento, não existem mais eventos programados pela turma de São Paulo, mas Elis faz questão de registrar apoio ao 3º Congresso de Nanismo que vai acontecer em Goiânia entre os dias 9 e 11 de novembro. “Vocês podem contar comigo e em São Paulo estou divulgando bastante. Vou fazer de tudo para que muita gente vá e já estou me programando. Quero muito ir com meu filho”, finaliza com apoio e união a organizadora do Arraiá dos Pequenos.

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Renata (entrevistada), Caroline, Monalisa, Tainah, Juliana e Carolina (da esq. para a dir.)

Não deixe de compartilhar esta cobertura exclusiva do encontro dos pequenos de junho e acompanhe para não perder os próximos. Se ainda não assinou, compensa se cadastrar para receber nossa newsletter e ter todo nosso conteúdo enviado diretamente para sua caixa de email. Fique por dentro!

Foto de Divulgação
Foto de Divulgação
Secretário Cid Torquato e sua equipe com Elis e os Pequenos Marquinhos, Gabriel, Monalisa Ned, Carol Varotti, Renata Blanco,Tainah, sua mãe Dagmar e Jonathan.

Rafaela Toledo

Comentários

8 respostas

    1. Nós que agradecemos, Elis. Sua disposição, comprometimento e doação com a causa do Nanismo e em cada participação que você, carinhosamente, faz questão de oferecer à nossa equipe sempre que há necessidade. Parabéns pela festa!!!

  1. Muito legal esses eventos, tenho nanismo e é muito difícil encontrar esse tipo de evento aqui na cidade São Paulo. Enquanto aos congressos gostaria muito de um dia participar.

    1. Claro! Este ano o Congresso de Nanismo será aqui em Goiânia e ainda vamos aproveitar a turma reunida para promover o 1º Encontro Somos Todos Gigantes. Estamos te esperando!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Inscrições para o Bolsa Atleta são prorrogadas para 8 de abril

As inscrições para o programa Bolsa Atleta 2024 que terminariam na próxima segunda (1º de abril), foram prorrogadas para o dia 8 de abril! O programa contempla as categorias de Base, Estudantil, Nacional, Internacional e Olímpica/Paralímpica/Surdolímpica. Os interessados em participar podem se inscrever acessando a

Inscrições para o Bolsa Atleta são prorrogadas para 8 de abril

As inscrições para o programa Bolsa Atleta 2024 que terminariam na próxima segunda (1º de abril), foram prorrogadas para o dia 8 de abril! O programa contempla as categorias de Base, Estudantil, Nacional, Internacional e Olímpica/Paralímpica/Surdolímpica. Os interessados em participar podem se inscrever acessando a