Amor Sem Tamanho

O mês dos namorados sempre começa cheio de campanhas publicitárias com casaizinhos apaixonados mas mostra pouco a realidade do amor. Muitos leem, falam e cantam o amor. Poema que se pratica. Nós, do Somos Todos Gigantes, acreditamos que a prática do amor é a cura da humanidade. Por isso convidamos cada um de vocês a compartilhar conosco sua história de amor e como foi que ela mudou sua vida.

Esse mês vamos namorar o amor por aqui. Por isso vamos começar com a pergunta: você sabe amar? (Se achar que sim, envie um email para contato@somostodosgigantes.com.br contando como foi que você conquistou o seu amor, junto com quatro (4) fotos do casal e seu contato telefônico).

Para fazer esta reflexão primeiro é preciso partir do princípio de que ninguém consegue amar ninguém sem antes se amar e aceitar completa e plenamente. “Ao inspirar de manhã na meditação, acolho a vida em sua inteireza: o bom e o ruim, o feio e o bonito, o dia chuvoso ou o sol escaldante. Simplesmente aceito a vida como ela é, sem querer impor nada. E esse abraço inclui a mim mesma”, compartilha a psicoterapeuta, Lucila Camargo em entrevista à revista Vida Simples. Segundo a especialista em resolução de conflitos, nesse processo de aceitação, também somos capazes de acolher as pessoas com comportamentos diferentes dos nossos, inclusive aqueles que não aprovamos.

De acordo com Lucila, tomando consciência de nós mesmos, nos tornamos mais tolerantes e compreensivos. A visão mais nítida dos nossos limites apura o olhar sobre o limite dos outros e amortece o julgamento.

Abraçar o amor é, às vezes, dizer não ao ego, aquela parte da gente que pensa mais no individual do que no coletivo. Pode não ser a escolha mais fácil mas é, com certeza, muito mais gratificante. É preciso coragem. Não somos ensinados a amar. Nosso modo de vida nos direciona mais a perseguir o lucro do que a felicidade. A competir mais do que desenvolver empatia.

Você pode criar sua própria realidade. Mas é importante saber que fazer diferente foge do padrão e demanda entrega.

Por isso, neste mês dos namorados, pratique amar! Namore amando. Viva amando. Se relacione com amor. E compartilhe conosco!

Amar é acolher, apoiar e entender falhas. É ver o outro humano na pessoa com a qual se relaciona e não um personagem de conto de fadas, fadado a caber no seu sonho. Amar é dar as mãos e construir.

Te convidamos a amar tudo o que vive e não apenas o que você idealiza. Namore toda criatura viva que precisa de acolhimento. Seja um namorador da vida e receba as flores do universo em retribuição. Beije, abrace e olhe para o próximo(a), sempre com amor e sem julgamentos. Desta vida material tudo o que nos resta no final são nossas caveiras idênticas e humanas, provando que somos e seremos todos sempre muito diferentes mas, no fundo, perfeitamente iguais.

Por isso é tão importante compartilharmos nossas vivências. Porque aprendemos com os erros e acertos dos nossos semelhantes. Este mês de junho, o STG estará aberto à publicações de suas cartas contando as suas histórias de amor. Se você tem um lindo romance para nos contar não deixe de enviar sua carta e mostrar que o verdadeiro amor não se limita. Só cresce com a superação. Estamos esperando seu depoimento e fotos do casalzinho no contato@somostodosgigantes.com.br ou por Whatsapp no (62) 99962-1011.  

com informações de Vida Simples

Rafaela Toledo

Comentários

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Somos Todos Gigantes marcado na pele 

Pai de criança com síndrome raríssima faz tatuagem em homenagem ao movimento; família é de Feira de Santana, na Bahia, e participou pela primeira vez de encontro em 2023 As bagagens de vida de Maysa, Anderson e Malu são cheias de desafios, lutas, transformações e

Somos Todos Gigantes marcado na pele 

Pai de criança com síndrome raríssima faz tatuagem em homenagem ao movimento; família é de Feira de Santana, na Bahia, e participou pela primeira vez de encontro em 2023 As bagagens de vida de Maysa, Anderson e Malu são cheias de desafios, lutas, transformações e