6ª Caminhada de Conscientização do Autismo em Goiás

A edição deste ano contou com a presença de várias associações e grupos de apoio na capital do estado

A edição deste ano contou com a presença de várias associações e grupos de apoio na capital do estado

No último domingo, 2, foi realizada a 6ª Caminhada de Conscientização do Autismo na cidade de Goiânia, centro do país. Esse evento acontece há seis anos e é organizado pela AFAAG (Associação das Famílias e Amigos dos Autistas de Goiás). São eventos como este que conscientizam a sociedade da existência de situações especiais, quando governo, sociedade e organizações sociais precisam se unir para protagonizar um futuro mais inclusivo e justo para os que necessitam de um olhar mais atento.

 

Antes era organizado pelo Grupo de Pais dos Autistas com a ajuda da AFAAG. Hoje, a caminhada ganhou mais visibilidade, conquistando novos parceiros como uma rede de farmácias nacional que patrocina o evento.

 

A equipe do Somos Todos Gigantes entrevistou Ana Paula Ferrari, 39, Mestre em Jornalismo e Sociedade pela UNB, uma das organizadoras do evento e Coordenadora de Comunicação da AFAAG. Ela é mãe do Jonas, um garoto de 7 anos autista.

 

Foto: Arquivo

Coordenadora

Ana Paula Ferrari (camiseta azul claro) e Ulisses, Karina (lado direito) e Karla (lado esquerdo), colaboradores do Espaço Vida

 

Ela contou que o principal objetivo da caminhada é mostrar para a sociedade a existência do autismo e os desafios, obstáculos e também as vitórias dessas pessoas.

 

Uma das pautas tratadas lá foi a criação do documento para divulgação dos direitos de autistas à inclusão previstos na Lei Berenice Piana (nº 12.764/12) e na Lei Brasileira de Inclusão de 2015. Ele está sendo idealizado pela AFFAG com a ajuda de advogados parceiros para lutar pela inclusão social, seja nas escolas ou no mercado de trabalho.

 

Ana Paula afirma: “Estamos elaborando este documento para facilitar a inclusão das crianças na escolas regulares. Quando essa criança é aceita na escola, todo mundo deve estar engajado para a inclusão dela ser completa, desde a faxineira até os professores”, completa.

 

A psiquiatra Alessandra Rose, especialista em casos de autismo falou sobre a importância da conscientização: “Trabalhar a habilidade social é muito importante porque todos dependemos uns dos outros. Seja para trabalhar ou para ir ao supermercado. A comunicação é fundamental no ser humano”.

 

Quando indagada sobre a importância da caminhada, ela acrescenta: “É uma forma de nós profissionais conhecermos os pais e lutarmos com garra pela inclusão. A união fortalece”.

 

Foto: Arquivo

Psiquiatra

Alessandra com a camiseta de uma das campanhas de conscientização do autismo

 

Outros grupos também marcaram presença como a APABB (Associação de Pais, Amigos e Pessoas com Deficiência de Funcionários do Banco do Brasil e Comunidade), o MOAB (Movimento do Orgulho Autista do Brasil) e o grupo de Capoeira Luanda dos mestres Jelon e Guerreiro que fizeram uma roda com participação das crianças autistas.

 

Foto: Arquivo

Roda

Crianças autistas brincando na roda de capoeira do Grupo Luanda

 

A ONG Ensinando Abraçar também estava lá com integrantes fantasiados de princesas e super heróis para alegrar as crianças e promover brincadeiras em grupo.

 

Foto: Arquivo

Voluntárias

Voluntárias da ONG Ensinando Abraçar fantasiadas para entreter as crianças

 

Foi a caminhada com maior número de participantes até hoje. Haviam pessoas de todas as idades e muitos voluntários ajudando a distribuir balões, doces e cartilhas com conteúdos de conscientização.

 

Foto: Arquivo

Imagem

Começo do percurso realizado na caminhada

 

Importante lembrar que a AFAAG também ajuda na organização de outros eventos como a Sessão Azul (sessão de cinema para crianças com autismo) em parceria com a Espaço Vida (associação que educa crianças, jovens e adultos com autismo, síndrome de down e atraso intelectual).

 

“Estamos montando um projeto e buscando parceiros para criar uma Colônia de Férias, com duração de três semanas para estimulação motora, da linguagem e a socialização das crianças autistas”, conta Ana Paula.

 

A MOAB Goiânia em parceria com a AFAAG realiza também o Piquenique Saudável (feito em uma chácara com apoio do grupo Super Amigos) e palestras e cursos com presença de psicólogos e outros profissionais da saúde para discutir e ensinar sobre como lidar e ajudar os autistas.

 

Para mais informações sobre esses eventos você pode acessar a página deles no Facebook com o nome de Afaag Autismo.

 

A união destas causas pela justiça em relação as pessoas que necessitam de atenção especial é que faz acontecer uma realidade melhor a cada dia. Compartilhe esta experiência. Aprenda com ela. Multiplique o exemplo e não deixe de espalhar a mensagem pelas suas redes sociais. Contamos com você para tornar o engajamento uma responsabilidade de todos!

https://www.facebook.com/afaagautismogo/

Rafaela Toledo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra

Garoto com nanismo é campeão em jogos escolares

“Eu nunca tinha sido campeão e fiz gol até na final”, celebra Bernardo de 10 anos que descobriu mais uma paixão Um olhar técnico e humano plantou mais uma semente no futuro de uma criança e permitiu a união de um time que levou pra