Primeiro Circuito de Esporte Inclusão de Goiânia é realizado neste domingo 

Evento que tem como parceiro o Instituto Nacional de Nanismo quer incentivar a prática esportiva pelas pessoas com deficiência; inscrições são gratuitas 

Com o apoio do Instituto Nacional de Nanismo (INN), o 1º Circuito de Esporte Inclusão de Goiânia será realizado neste domingo (23/06) no Campus II da Universidade Salgado de Oliveira, entre 8h30 e 11h30. Serão oferecidas várias modalidades com inscrições gratuitas. A organização do evento espera a participação de mais de 500 pessoas com deficiência e também é aberto à comunidade de forma geral. 

O circuito é promovido pelo vereador Willian Veloso (PL), que tem como pauta de prioridade a inclusão de pessoas com deficiência. “O objetivo é inspirar  e motivar pessoas com deficiência a participar de alguma atividade física por esporte ou lazer. Além disso, queremos apresentar modalidades que já consagraram campeões em todo mundo de atletas que superaram as próprias limitações se tornando inspiração para todos”, disse. 

Para a presidente do INN, Juliana Yamin, o evento é uma oportunidade de conhecer os trabalhos de instituições relevantes que atuam no contexto da pessoa com deficiência. “Goiânia tem muitas ações e oportunidades na área do esporte, bem estar e saúde para essa comunidade, mas falta visibilidade e divulgação. Esse é um espaço especial nesse sentido, além de promover a confraternização das pessoas e construção de novos vínculos e relações”, afirmou. 

Segundo Juliana, o esporte é uma ferramenta valiosa. “Além de todos os outros benefícios associados às práticas esportivas, a pessoa com deficiência tem a oportunidade de transformar o esporte em uma profissão. O Brasil é referência no esporte profissional paralímpico e vários atletas com nanismo se destacam aqui e no mundo”, complementou ao anunciar que o INN está preparando um projeto especial nessa área. 

Os interessados podem fazer a inscrição gratuita pelo link: https://contato.willianveloso.com.br/circuito

As modalidades são: corrida, skate, arremesso de peso, lançamento de dardo, salto, atletismo,  lutas, atividades hípicas. No evento estarão disponíveis fisioterapeutas, massagistas e profissionais que vão aferir pressão e oferecer o teste glicêmico. As crianças e os adolescentes terão brinquedos infláveis e atividades psicomotoras.

Kamylla Rodrigues

Kamylla Rodrigues é formada em Jornalismo pela Faculdade Alves Faria (ALFA). Já trabalhou em redações como Diário da Manhã e O Hoje, em assessorias de imprensa, sendo uma delas do governador de Goiás, além de telejornais como Band e Record, onde exerce o cargo de repórter atualmente.
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Natação e nanismo: quais os benefícios e pontos de atenção?

Prática do esporte sem acompanhamento pode provocar lesões, mas quando monitorada revela ser uma ferramenta potente na transformação da qualidade de vida das pessoas com a deficiência O sinal sonoro liberta para um mergulho profundo. “Na água eu dou tudo de mim, coloco na minha

Natação e nanismo: quais os benefícios e pontos de atenção?

Prática do esporte sem acompanhamento pode provocar lesões, mas quando monitorada revela ser uma ferramenta potente na transformação da qualidade de vida das pessoas com a deficiência O sinal sonoro liberta para um mergulho profundo. “Na água eu dou tudo de mim, coloco na minha